Maternidade

O segundo Natal do Diguinho!

Ano passado, foi o primeiro Natal que passamos com o Diguinho! Eu mal podia esperar para montar a árvore, com ele assistindo de camarote! Minha curiosidade era ver a reação dele com tantas cores, enfeites e luzes… Foi exatamente assim:

Já este ano, confesso que fiquei um bocado receosa em montá-la de novo… Meu dilema era o seguinte: Diguinho ligado no 220 + árvore de Natal gigante na minha sala = medo de ele confundir a árvore com a caixa de brinquedos dele (que ele vira de cabeça para baixo)!
Pensando nisso, pesquisei algumas maneiras diferentes de enfeitar a casa, especialmente para quem tem filhos em casa e prefere unir o útil ao agradável: evitar dores de cabeça sem abrir mão da magia do Natal!

Festões, pisca-pisca, almofadas douradas e pendentes são bem vindos (Foto: Google)

Pendentes, adesivos e até mesmo fitas coloridas dão alegria às janelas (Foto: Google)
Nas portas, não podem faltar as boas e velhas guirlandas (Foto: Google)

Até cheguei a pensar em não montar nossa grandona e inovar com alguma decoração diferente… Mas, como eu adoro montar árvore de Natal desde criança e fiquei com dó de tirar isso do Diguinho, voltei atrás para que ele comece a entender e se acostumar com o espírito natalino! Alguns dos enfeites estão sofrendo um pouco… Mas, creio que, irão sobreviver! Rs…

Outro detalhe é que, ano passado, ele mal sabia quem era o bom velhinho (tinha até medo):

Vevéu' + Dinda + Diguinho (Natal/2011)

Hoje, ele já sabe quem é o Papai Noel, chama ele de “Vevéu!” e continua com medo x)

Paulistana do signo de libra (em 02/10), que é casada e mãe coruja, e que ♥ adora chocolate, nerdiar na internet, ouvir música e viajar! Clica aqui para saber mais!

2 comentários