Gastronomia

#Gordices: Paizão com a barriga no fogão!

Quem foi que disse que homem não pode esquentar a barriga no fogão?! Fogão não é só lugar de mulher! Mesmo não sendo o cozinheiro da casa, me garanto na hora de fazer um rango bacana! E, há quem diga que nunca imaginou que eu seria capaz de tanto…

Fui criado por uma mãe que sempre manuseou as panelas de casa, fazendo comida fresquinha todo santo dia, sempre foi sagrado! Só que, além dela, meu pai também costumava ‘vestir o avental’ em casa e assumir o lugar da minha mãe no fogão (o que a deixava bastante enciumada porque, ele mandava muito bem e a gente adorava tudo o que ele fazia)! Eu, ficava só observando… Ele era cheio de truques nas receitas que fazia! E confesso que eu ia percebendo cada um deles! Rs…
Me lembro (como se fosse hoje) que, quando eu ainda namorava a Angélica, ele inventou de fazer uma janta em casa para que ela experimentasse o rango dele! E não é que o velho caprichou?! A Angélica adorou (inclusive, foram poucos os momentos que ela teve perto do meu pai, que faleceu um ano depois que começamos a namorar)!
Com os dotes culinários da minha mãe e os truques do meu pai (que veio de família italiana) foi que eu aprendi a me virar na cozinha daqui de casa! A Angélica manja… Mas paga o maior pau para o meu jeito de cozinhar! Tanto que ela já até andou postando no Instagram alguns dos meus pratos… Rs…

Bom, não adiantaria nada eu falar aqui que sei cozinhar sem passar nenhum dos pratos que eu faço, né?! Então, prepara o Ctrl+C e o Ctrl+V para guardar essa receita que é Panqueca de Carne Moída! Já adianto que, não sou do tipo que segue as receitas à risca, ou seja, eu só anoto os ingredientes e mando bala (eu sei que sou foda! Brincadeira…)!

Foto ilustrativa, tirada do Google

Para a massa, eu abro uma exceção, para não dar zica! Para uma porção generosa, precisamos de:

  • 2 xícara e ½ de farinha de trigo;
  • 2 xícara de leite;
  • 4 ovos;
  • 8 colheres de sopa de óleo;
  • Sal a gosto;
  • Orégano (meu segredo)

Agora, para o recheio e o molho, vai no olho: carne moída, alho, cebola picada, salsinha, cheiro verde, tomate, creme de leite, sal e queijo ralado a gosto! Tudo na quantidade que você achar necessária para a sua fome ;)

Para botar a mão na massa da panqueca, coloque no liquidificador os ingredientes líquidos (leite, ovos e óleo) seguidos da farinha de trigo (que você deve acrescentar aos poucos) e do sal e orégano! A massa tem de ficar pastosa!
Depois de bater a massa, com um papel toalha, espalhe oléo por toda uma frigideira (de preferência antiaderente)! Com uma concha, despeje porções da massa na frigideira (que deve estar bem aquecida) e espalhe bem por todo o fundo! Soltou do fundo da frigideira? Então é hora de virá-la! Repita o processo até que a massa desapareça do liquidificador! Rs…
Na minha opinião, o preparo do recheio é muito pessoal… Refogue a carne moída, da sua maneira, com os ingredientes que eu falei lá em cima… Excluindo apenas o tomate e o creme de leite, que eu uso para o molho! Finalizando a carne moída, é hora de preparar o molho!

O meu molho é caseiro e requer tomates cozidos na água, para que a pele se solte (outro segredo)! Assim que os tomates estiverem sem a pele, jogue-os no liquidificador e bata bem! Jogue a ‘sopa’ de tomate em uma panela com os seus ingredientes preferidos para tempero, que no meu caso são oléo, cebola, alho, salsinha, cheiro verde e sazón! Quando tudo estiver refogado, adicione uma pitada de açúcar, para tirar a acidez (mais um segredo, que nem a Angélica sabia que existia)!!! E, por fim, o creme de leite, para que a sustância seja maior \o/

Recheie as panquecas com a carne moída, coloque-as em um refratário, cubra com o molho, polvilhe com queijo ralado e leve ao forno (por uns 5 minutos), para gratinar! Tire do forno, espere esfriar… Enquanto isso, pegue o prato, o garfo… Ainda não esfriou? É melhor esperar mais um pouco porque, apressado come cru e queima a língua!
Meu fiel freguês: Diguinho, que na sua sinceridade de criança, sempre solta um: “Hum… Bom!”
#PaiCoruja #BlogDeMaeSemMae #PapaiBlogando #BlogagemColetiva

Paulistana do signo de libra (em 02/10), que é casada e mãe coruja, e que ♥ adora chocolate, nerdiar na internet, ouvir música e viajar! Clica aqui para saber mais!