Saúde

Neste “Dia dos Pais” alerte o “homem da sua vida”!

Participei de um evento da Bayer, no mês de Julho, dedicado ao ‘Dia do Homem’, onde diversos especialistas estavam presentes para discutir assuntos relacionados à saúde masculina! Como eu ainda não havia contado sobre o evento, aqui no blog, deixei a postagem para hoje, ‘Dia dos Pais’, que é uma data bastante propícia para esse tipo de assunto, já que temos de cuidar de quem a gente ama!

O local escolhido para o encontro não poderia ter sido mais sugestivo: o estádio do Palmeiras, mais conhecido como Allianz Parque!

Doutores, professores e psicanalistas esclareceram diversas informações importantes da saúde dos homens que, poucos deles sequer se preocupam. Com o passar dos anos, a maior parte dos homens apenas se preocupa com o vigor sexual. Sendo assim, muitos não buscam acompanhamento médico, ou sequer já ouviram falar em andropausa, processo natural do organismo masculino, no qual, em muitos casos, há queda na produção de testosterona (a andropausa é uma espécie de ‘menopausa masculina’). É o que aponta uma recente pesquisa inédita realizada pela Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) em parceria com a Bayer.

“É extremamente importante os homens visitarem um médico regularmente. Muitos sintomas não se manifestam prontamente e podem desencadear doenças mais graves. Dessa forma, há a possibilidade de uma detecção precoce e indicação do devido tratamento, evitando qualquer impacto na qualidade de vida do paciente”, alertou o Dr. Carlos Corradi, presidente nacional da Sociedade Brasileira de Urologia.

Foram entrevistados 3.200 homens, com mais de 35 anos, em oito cidades brasileiras (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Porto Alegre, Belo Horizonte, Salvador, Recife e Curitiba) e, apesar da facilidade de acesso à informação disponível atualmente, 57% deles nunca ouviu falar de andropausa ou hipogonadismo, e 71% sequer conhece os sintomas do problema que pode ocasionar a tão temida impotência sexual. As visitas ao especialista também são negligenciadas: 51% dos entrevistados nunca consultou um urologista, e a falta de tempo é a razão mais apontada por eles (33%), seguida de perto pela ausência de motivos (32%) ou por medo (15%). Quando questionados sobre as razões pelas quais pode ocorrer queda nos níveis de testosterona, a falta de conhecimento persiste. Segundo 30% dos homens ouvidos, o problema está ligado ao excesso de trabalho e estresse do dia a dia, e 17% acredita na relação com problemas emocionais e psicológicos. Apenas 15% entende que são as mudanças nos níveis hormonais que podem ocasionar a andropausa.
[space size=”10″]
[divider color=”#f1f1f1″]
[space size=”10″]
Da mesma maneira que as mulheres se cuidam, visitando regularmente o ginecologista, os homens também precisam se cuidar, e visitar o urologista regularmente! Alerte o ‘homem da sua vida’ neste ‘Dia dos Pais’ porque, é muito importante!

Paulistana do signo de libra (em 02/10), que é casada e mãe coruja, e que ♥ adora chocolate, nerdiar na internet, ouvir música e viajar! Clica aqui para saber mais!