Saúde

Sabe dermatite atópica? Então, ela piora no frio!

Créditos da imagem acima: Google


O inverno está chegando, e com ele o quadro de quem sofre com a dermatite atópica tende a piorar!

A mudança climática, com queda nas temperaturas, sensibiliza e agride a pele da maioria das pessoas, que passam a tomar banhos mais quentes e longos e ficam mais expostas a ventos gelados e à baixa umidade do ar nessa época do ano. A interferência da mudança de estação na saúde da pele é um fator ainda mais preocupante para quem sofre de dermatite atópica, uma doença crônica comum que causa alterações na pele, levando ao aparecimento de lesões inflamadas e avermelhadas, que coçam, descamam e causam muito desconforto para as pessoas.

Segundo a AADA (Associação de Apoio à Dermatite Atópica), a condição não é contagiosa, e sim uma doença de origem hereditária, afetando geralmente indivíduos com histórico pessoal ou familiar de asma, rinite alérgica ou dermatite atópica. Por se tratar de um quadro que apresenta uma evolução cíclica, com períodos de melhora e piora, desencadeados pela sensibilidade excessiva a qualquer coisa que entre em contato com a pele. É muito importante redobrar a atenção nos tecidos de roupas e em todos os produtos utilizados.

Apesar de frequentemente haver uma melhora considerável da doença com o passar dos anos, o paciente com dermatite atópica costuma apresentar uma pele excessivamente ressecada que se irrita facilmente durante toda a sua vida. Por isso, no frio os cuidados com a hidratação devem ser reforçados, justamente para evitar uma piora causada pelo ressecamento já característico da estação.

Recentemente, recebi aqui em casa um presskit bacana, e que me foi de muita utilidade!
A assessoria da Mantecorp Skincare me enviou o hidratante reparador Hydraporin para teste, e eu não fazia ideia de que me faria tanta diferença! Sempre tive a pele muito ressecada (principalmente a das mãos) e depois que fiz uso dele senti uma leveza gigante na pele, especialmente na das mãos, claro!!!

Abaixo, o antes do Hydraporin e o depois do Hydraporin nas minhas mãos! A diferença é GRITANTE!!!

E abaixo, sua textura!
Acredito que, não tenha como se ter uma ideia quanto à textura do hidratante, mas o que posso adiantar é que ele realmente tem o ‘toque aveludado’ que a embalagem informa!

A Mantecorp Skincare, marca referência em dermocosméticos, possui o hidratante reparador Hydraporin em sua linha, que é indicado para o tratamento de peles extremamente secas, além de doenças como dermatite atópica, pois foi formulado especificamente para agir nas principais necessidades dessa condição de pele, além de ser hipoalergênico, não conter fragrância, parabenos e corantes.
Hydraporin é formulado com ativos emolientes e umectantes, hidrata a pele por 24h, mantém o pH fisiológico da pele e possui uma cosmética com toque aveludado, que garante a sensação de hidratação, sem deixar a pele pegajosa.  Os estudos clínicos comprovam que o Hydraporin melhora o ressecamento, a descamação e a coceira logo nos primeiros dias de uso, além de proporcionar uma melhora da qualidade de vida do portador da doença e seus familiares.

Resumindo, não sei nem quais palavras utilizar para descrever a eficácia do Hydraporin porque, já usei tantos cremes que nunca deram resultados que… Eu já tinha até desistido de tentar tratar… Sempre tive uma coceira horrorosa nas mãos, principalmente na época do frio! Bem típico da dermatite atópica! Dessa vez, parece que encontrei o hidratante certo! Mesmo assim, nunca deixem de consultarem seus médicos!