O que faltou de 2017? Eu conto!

No post da semana passada, comentei que 2017 foi um ano no qual deixei meu blog meio de lado (meio, não, super de lado) por causa de uma porção de razões. Só que, neste ano, não pretendo deixar isso acontecer de jeito nenhum, por dois motivos: primeiro porque sempre quis ter um domínio para chamar